26 de set de 2011

Bom dia juventude!!!

Que culto jovem abençoado foi ontem, não é mesmo??? Quem não foi, deixou de receber!!!

Antes de mostrar as fotos, vou deixar para vocês a fábula do porco espinho. Esse texto foi distribuído na igreja durante a pregação do jovem obreiro William.

A Fábula do Porco-Espinho:

Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente. 

Mas, os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que ofereciam maior calor. Por isso decidiram afastar-se uns dos outros
e voltaram a morrer congelados.

Então precisavam fazer uma escolha: ou desapareceriam da Terra ou aceitavam
os espinhos dos companheiros.
 

Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos. Aprenderam assim a conviver
com as pequenas feridas que a relação com uma pessoa muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro.
 

E assim sobreviveram!

Moral da História:


O melhor relacionamento não é aquele que reúne pessoas perfeitas, mas aquele
onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades.


"Aqueles que nos são mais próximos são os que mais machucamos".


Agora as fotos!!! 
 Grupo de dança


A igreja

O preletor: William

A igreja orando

O diácono Gláucio orando pelo Preletor da noite


Momento de oração no final do culto.

 

21 de set de 2011

Adolescente... parabéns pelo seu dia!

Você sabia que o adolescente também tem o seu dia???
Quase ninguém sabe, mas desde 1996, o Dia do Adolescente é comemorado no dia 21 de setembro.

Então...


"Eu escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e já vencestes o Maligno" I João 2:14

A primeira coisa que esse versículo nos diz é que nós jovens, somos fortes! 
Mas essa força não é a força humana e sim a força espiritual, que vem de Deus.
Quando aceitamos Jesus como Senhor e salvador das nossas vidas, recebemos um pouco dessa força espiritual, e a partir de então, cabe a nós desenvolvermos esta força.
Mas apesar de tudo isso, as vezes surgem situações em que não nos sentimos forte o bastante para suportar. Não desanime, enfrente o problema. Nesse momento Deus estará com você, renovando as suas forças. Ele te dará uma porção maior de força.

Logo depois, o versículo diz que a palavra de Deus permanece em nós!
Você sabia que a Palavra de Deus, é Jesus Cristo?
Ele é o Verbo vivo, a Palavra viva! 
Agora que sabemos disso, podemos entender que para estarmos cheios da palavra de Deus, não basta apenas ler a bíblia, precisamos conhecer e buscar intimidade também com palavra viva que é Jesus Cristo.
A palavra de Deus permanecerá em nós, quando buscarmos Jesus de todo nosso coração e permanecermos e perseverarmos nEle.


E por fim, o versículo diz que nós jovens, já vencemos o maligno. 
Não sei se você já passou pela experiência de ter que vencer o malígno, ou se você já está sendo vencido por ele.
Quando lemos que já vencemos o malígno, estamos falando de batalha espiritual e só podemos vencer essa batalha quando entendemos que precisamos viver uma vida de constante busca pelas coisas de Deus. 


Jesus venceu o malígno na cruz, quando nos amou ao ponto de se entregar pelos nosos pecados.
Que exemplo maravilhoso!

Nós podemos vencer também, basta tomarmos a nossa cruz e seguir Aquele que nos fez mais que vencedores - Jesus Cristo, nosso Senhor.






Que o Senhor esteja com cada um de nós!!!


Os adolescentes da Comunidade Missão e Propósito comemorarão o dia dos adolescentes no dia 08/10/2011, às 18 horas lá na praia de Copacabana.
Faremos uma festa Havaiana, onde o nome do Senhor Jesus Cristo será mais uma vez exaltado!




 

18 de set de 2011

Poesias para Jesus

Hoje, durante a escola bíblica dominical, nossa querida irmã Thaís leu duas poesias que vale a pena registrar aqui.
As duas poesias estão no livro Poesias para Jesus, da autora Karina Rodrigues.


Sem Jesus

Tudo a minha volta
Era sem sentido
As vozes emudeciam
Os sorrisos entristecidos.

Os amores superficiais
Nada tinha acrescentar
Eu também era vazia
Nada podia doar.

A noite escura, sempre presente
Dominava meu interior
A luz do sol não brilhava
Meu mundo era horror.


Nascer de novo

A dor passada e presente
É preciso esquecer
Os dias perdidos recuperar
Receber o novo, o começar é agora
Vivenciando o renascer
A nova vida aflora.

Os primeiros passos
São lentos, precisa insistir
Não se preocupe em tropeçar
A cada tentativa sincera
Tem alguém especial
A ti amparar.

O desalento, a falta de compreensão
Os pensamentos vazios
Os sentimentos em vão
Tudo isso é passado
Seu nascimento é hoje
Com Jesus a teu lado.

Se você também escreve poesias para Jesus, mande para o e-mail: juventudemp@gmail.com
Vamos compartilhar o nosso amor por Cristo com o mundo!

8 de set de 2011

NOVIDADE

A partir de agora, você poderá ler os estudos bíblicos da Comunidade Evangélica Missão e Propósito pelo blog da juventude!


É só clicar na aba Estudos bíblicos - EBD que fica logo abaixo do banner do blog.

APRENDENDO COM A BÍBLIA - DE GÊNESIS AO APOCALIPSE

A bolsa de água quente


Certa noite eu estava fazendo de tudo para ajudar uma mãe  em  trabalho  de parto. Apesar do esforço ela não resistiu  e  nos  deixou  com  um bebê prematuro e uma filha de dois anos em prantos.
Era muito complicado manter o bebê vivo sem uma incubadora (não tínhamos eletricidade para ativar a incubadora). Também não tínhamos recursos adequados de alimentação.
Mesmo morando na linha do equador, as noites eram, não raro,
frias com aragens traiçoeiras.
Uma das aprendizes de parteira foi buscar a caixa que reservávamos a tais bebês e os panos de algodão para envolvê-los.
Uma outra  foi  alimentar o fogo para aquecer uma chaleira de água para a bolsa de água quente.
Sem demora retornou desconsolada pois a bolsa havia rompido.
Borracha  estraga  fácil  em clima tropical. "Era nossa última bolsa", disse-me.
Assim  como no ocidente se diz que "não adianta chorar
sobre  o  leite  derramado", na África Central poderia ser que “não adianta chorar sobre bolsas estragadas”. Elas não crescem em árvores, e não existem farmácias no meio das florestas...
"Muito bem", disse eu, coloque o bebê em segurança tão próximo quanto possível do fogo e durmam entre a porta e o bebê para protegê-lo das lufadas de vento frio. Mantenham o bebê aquecido.
Na  tarde  seguinte, fui orar com as órfãs que, eventualmente, quisessem se reunir comigo. Fiz uma série de sugestões que pudessem despertá-las a orar e, também, contei-lhes sobre o bebê.
Expliquei  nossa dificuldade em manter o bebê aquecido em função da única bolsa de água que havia estourado. E que o bebê poderia morrer de frio.
Mencionei a irmãzinha de 2 anos, que não parava de chorar a perda e ausência da mãe.
Durante as orações, uma das meninas de 10 anos, uma de nossas crianças africanas, orou: "Por favor, Deus, manda-nos uma bolsa de água quente. Amanhã talvez já vai ser tarde, Deus, porque o bebê pode não agüentar. Por isso, manda a bolsa ainda hoje.”
Enquanto  eu  ainda procurava recuperar o ar diante de tamanha audácia, num corolário, acrescentou:
"E  já  que,  Deus,  estás  cuidando disso, por favor, manda junto uma boneca para a maninha dela, para que saiba que também a amas de verdade.”
Como  acontece  muito  com  crianças,  me colocaram em apuros. Poderia eu, honestamente, dizer “Amém”? Eu simplesmente não podia acreditar que Deus poderia fazê-lo. A bíblia diz isso. Não há limites. Ou há?
O único jeito de Deus atender tal pedido seria por encomenda a minha terra natal, via correio. Eu estava, então, na África por quatro anos e jamais havia recebido uma encomenda postal de casa. De qualquer forma, se alguém mandasse algo, poria nela uma bolsa de água quente? Eu morava na linha do Equador.
À meia tarde, durante uma aula da escola de enfermagem, veio um recado dizendo que um carro estacionara no portão de minha casa. Ao chegar em casa, o carro havia partido, mas deixara um pacote de 11 kg na varanda.
Meus olhos lacrimejaram. Não consegui abrir o pacote sozinha, e solicitei que algumas crianças do orfanato me ajudassem. Tudo foi feito com muito cuidado para que nada fosse danificado. Os corações batiam forte.
Trinta a quarenta olhos acompanhavam arregaladamente cada ação. A camada de cima era composta de roupas coloridas e cintilantes. Os olhinhos das crianças brilhavam à medida que as distribuía. Depois viram as ataduras para os leprosos, caixinhas de passas de uva e farinha, que dariam gostosos bolos para o fim de semana.
Quando pus as mãos de novo na caixa, pasmem... “Uma bolsa de água quente, novinha em folha”, eu gritei! Eu não havia feito nenhuma encomenda nesse sentido. Rute, que estava no banco da frente, saltou e começou a gritar:
 "Se Deus mandou a bolsa, ele também mandou a boneca.”

Autor desconhecido.

1 de set de 2011

A História da Bíblia

A Bíblia, um livro que tem continuado vivo através dos séculos e indispensável aos Servos do Rei, é o tema deste comentário.


O termo Bíblia tem origem no grego "Biblos" e somente foi usado a partir do ano 200 dC pelos cristãos é um livro singular, inspirado por Deus, diversos Escribas, Sacerdotes, Reis, Profetas e Poetas (2Tm 3.16; 2Pe 1.20,21) a escreveram, num período aproximado de 1.500 anos, foram mais de 40 pessoas e notadamente vê-se a mão de Deus na sua unidade. Estes textos foram copiados e recopiados de geração para geração em diversos idiomas, tais como: Hebraico, Aramaico e grego; até chegar a nós.

Verificou-se através do Método Textual, que 99% dos textos mantêm-se fiel aos originais, é certamente uma obra divina, levando em consideração os milhares de anos entre a escrita e nossos dias. As partes mais antigas das Escrituras encontradas são um pergaminho de Isaías em hebraico do segundo século aC, descoberto em 1947 nas cavernas do Mar Morto e um pequeno papiro contendo parte do Livro de João 18.31-33,37,38 datados do segundo século dC.

Divisão em Capítulos:

A Bíblia em sua forma original é desprovida das divisões de capítulos e versículos. Para facilitar sua leitura e localização de "citações" o Prof. Stephen Langton, no ano de 1227 dC a dividiu em capítulos.

Divisão em Versículos:

Até o ano de 1551 dC não existia a divisão denominada versículo. Neste ano o Sr. Robert Stephanus chegou a conclusão da necessidade de uma subdivisão e agrupou os texto em versículos.

Até a invenção da gráfica por Gutenberg, a Bíblia era um livro extremamente raro e caro, pois eram todos feitos artesanalmente (manuscritos) e poucos tinham acesso às Escrituras.

O povo de língua portuguesa só começaram a ter acesso à Bíblia de uma forma mais econômica a partir do ano de 1748 dC, quando foi impressa a primeira Bíblia em português, uma tradução feita a partir da "Vulgata Latina".

É composta de 66 livros, 1.189 capítulos, 31.173 versículos, mais de 773.000 palavras e aproximadamente 3.600.000 letras. Gasta-se em média 50 horas (38 VT e 12 NT) para lê-la ininterruptamente ou pode-se lê-la em um ano seguindo estas orientações: 3,5 capítulos diariamente ou 23 por semana ou ainda, 100 por mês em média.

Encontra-se traduzida em mais de 1000 línguas e dialetos, o equivalente a 50% das línguas faladas no mundo. Há uma estimativa que já foi comercializado no planeta milhões de exemplares entre a versão integral e o NT. Mais de 500 milhões de livros isolados já foram comercializados. Afirmam ainda que a cada minuto 50 Bíblias são vendidas, perfazendo um total diário de aproximadamente 72 mil exemplares!

Encontra-se nas livrarias com facilidade as seguintes versões em português:

Revista Corrigida;
Revista Atualizada;
Contemporânea;
Nova Tradução na Linguagem de Hoje;
Viva;
Jerusalém;
NVI - Nova Versão Internacional;

O segundo domingo de Dezembro, comemora-se o Dia Nacional da Bíblia, aprovado pelo Congresso.
Nestes séculos a Palavra de Deus foi escrita em diversos materiais, vejamos os principais:

Pedra
Inscrições encontradas no Egito e Babilônia datados de 850 aC

Argila e Cerâmica
Milhares de tabletes encontrados na Ásia e Babilônia.

Madeira
Usada por muitos séculos pelos gregos.

Couro

O AT possivelmente foi escrito em couro. Os rolos tinham entre 26 a 70 cm de altura.

Papiro
O NT provavelmente foi escrito sobre este material, feito de fibras vegetais prensadas.

Velino ou Pergaminho
Velino era preparado originalmente com a pele de bezerro ou antílope, enquanto o pergaminho era de pele de ovelhas e cabras. Quase todos os manuscritos conhecidos são em velino, largamente usado a centenas de anos antes de Cristo.

Papel
Forma amplamente utilizada hoje.

CD
Áudio

CD - Room
Para computadores, é a forma mais recente.

On - line
Via internet.

Inegavelmente o Senhor Deus queria que sua Palavra se perpetuasse pelos séculos e providenciou meio para isto acontecesse. É um fato que evidencia a sua credibilidade como Livro inspirado pelo Espírito Santo.
Mas conhecer dados históricos não o aproxima do Senhor e tão pouco abre seus ouvidos para a voz do Espírito que revela a Palavra. Isto apenas enriquece-nos intelectualmente e é dispensável. O que realmente precisamos é estarmos aptos para ouvir o Espírito que flui através das páginas do Livro Sagrado e isto só acontece quando nos colocamos em santidade e abertos para o santo mover.

Experimente !

Fonte: www.vivos.com.br

Revista Comunhão Ano 4 nº 44 e Bíblia em Bytes (CD - Room)