7 de abr de 2010

Testemunho do irmão Douglas

Oi galera meu nome é Douglas e eu vim compartilhar com vocês, dois livramentos que o Senhor me deu, um foi na minha família e o outro na minha própria vida.

O primeiro livramento que eu vou relatar aconteceu a 3 meses. Eu tinha estabelecido um propósito de oração com o Senhor, porque eu queria mais intimidade com Deus, comecei a buscar crescimento espiritual, experiências com Deus. E passado mais ou menos 3 semanas tentaram assaltar o meu pai no trabalho e o meu pai não tem medo de nada, é metido a durão. Conclusão: ele reagiu ao assalto, o meu pai ficou preso dentro do depósito com o ladrão e não tinha como ninguém ver nada, porque o ladrão fechou a porta da loja. O ladrão aproveitou que meu pai abria a porta sozinho às 07:30 h da manhã e como o meu pai já tem uma certa idade, para o ladrão foi fácil render ele. O ladrão bateu muito em meu pai bateu muito mesmo, colocou a arma na cabeça do meu pai por várias vezes mais não atirou. Porque eu creio que o Senhor deu ordem aos anjos a respeito da vida do meu pai, eu NÃO tenho dúvida que Deus cuida 24 horas da minha família, e depois de ter batido muito em meu pai e ter colocado a arma na cabeça dele e não ter atirado o ladrão foi embora sem levar nada. Quando eu recebi a notícia, eu não me apavorei porque na hora o Espírito Santo confortou o meu coração e para a Glória de Deus meu pai está bem, ele ainda não se converteu mais eu creio que está próximo este dia, porque a palavra nos garante: crê no Senhor Jesus e será salvo tu e tua casa Atos 16:31. E eu creio que em breve meu pai voltará aos braços do Senhor.

O outro livramento aconteceu na minha própria vida, a minha igreja estava preparando uma peça para o domingo de páscoa e eu integrava o elenco da peça, mais como todos nós sabemos que o inimigo de nossas vidas fica furioso quando nos vê trabalhando para o Senhor, e a pastora que estava responsável pela peça estabeleceu um jejum entre nós, por causa da fúria do inimigo. Aí no próprio domingo, poucas horas antes da peça, eu voltava de ônibus da casa da minha tia e na altura de Acari, Zona Norte do Rio, tinha um ônibus parado no ponto e quando ele foi sair do ponto ele acabou fechando um ônibus que vinha atrás. O ônibus que vinha atrás não conseguiu parar a tempo e acabou colidindo com o coletivo da frente, e o ônibus que eu estava tentou frear, mas como estava chovendo e a pista estava escorregadia, o ônibus começou a derrapar. Eu pensei que iria parar a tempo mas foi tudo muito rápido, não deu tempo de pensar em nada, em fração de segundos o ônibus que eu estava entrou dentro do outro ônibus, eu estava sentado atrás do motorista e atrás de mim estava o cobrador, na hora da colisão eu não tive reação de me segurar em nada mas é incrível o cuidado de Deus com os seus, a única coisa que eu segurei foi a minha bíblia porque foi tudo muito rápido e todos no coletivo foram lançados para frente, todos no ônibus se feriram, o motorista, e todos atrás de mim, todos. Mas eu, pela misericórdia de Deus, não perdi nem um só fio de cabelo da minha cabeça, pela fé eu creio que a minha bíblia era como um sinto de segurança.

Conclusão: Deus me livrou da morte sem nenhum arranhão e o nome do Senhor foi glorificado mais uma fez. Vou deixar um versículo que o Senhor ministrou no meu coração no próprio domingo após o acidente: ‘’ Eu me deito e durmo; acordo, pois o Senhor me sustenta’’ Sl 3-5.

E lembre-se: vida de vitoria é vida na palavra!!!

2 comentários:

Vanessa disse...

É isso aí Douglas, quando nos colocamos à disposição para fazer a obra de Deus, o inimigo se levanta, mas tem que cair!

Roger Skyboy disse...

Varão,

Fico feliz com esta vitória que DEUS concedeu a você e seu pai. Isto é uma prova de que DEUS está no controle de sua vida e da sua família.
DEUS tem uma obra grandiosa para fazer em sua familia começando por você.

DEUS te abençoe hoje e sempre!

Glórias à DEUS que nos dá vitória!!